André Gaio Pereira

Violino

Sobre mim

Sou um músico curioso das coisas a viver em Lisboa e que se deixou apaixonar pelo violino em pequeno.
Laureado do Prémio Maestro Silva Pereira – Jovem Músico do Ano 2017, esta temporada apresento-me em várias frentes musicais. Vejo o meu primeiro álbum a solo sair à rua, com música de Carlos Paredes adaptada por mim. Como primeiro violino do Quarteto Tejo serei artista residente na Bienal de Quarteto de Cordas de Amesterdão e na prestigiada Académie Musicale Villecroze. Dou ainda os primeiros passos na esfera da música do mundo e do jazz com o Guitolão Trio, grupo que acaba de gravar o seu primeiro disco e se apresenta pelo país a dá-lo a conhecer.

“André Gaio Pereira assumiu o protagonismo no concerto de encerramento, interpretando com desenvoltura e apurada sensibilidade,(…), o exigente Concerto para Violino Nº1 de Shostakovich"

– in O Público

Últimas

  • Paredes a Solo

    André estreia-se a solo em estúdio com a editora Respirar de Ouvido, num projecto com música de Carlos Paredes adaptada para violino pelo próprio artista.

  • Quarteto Tejo além-fronteiras

    O Quarteto Tejo, do qual André é primeiro violino, será Artista em Residência na Bienal de Quarteto de Cordas de Amesterdão e na Académie Musical Villecroze.

  • Guitolão Trio

    Atravessando barreiras musicais, André funda o Guitolão Trio com António Eustáquio e Fábio Palma. O grupo já editou o seu primeiro álbum, intitulado Estação #60.

  1. Biografia
  2. Blog